My Image
FacebookInstagram

Michael Giannola da Silva, conhecido artisticamente como Mitchel, teve complicações de saúde logo em seu nascimento, tendo que superar barreiras desde seus primeiros anos de vida.
Nascido no interior de São Paulo, aos 4 anos foi trazido para a capital, mais precisamente Pirituba [Zona Oeste].

Sem influência direta musical na família, por volta dos seus 11 anos teve seu primeiro contato com o rap. Desde então começou a compor suas próprias letras e a praticar freestyle sozinho mas somente com seus 14 anos conheceu o seu primeiro ciclo de pessoas importantes para seu início de fato no movimento Hip-Hop. Um colega da escola lhe apresentou um amigo próximo, chamado Ramon Maia [Artigo] o qual foi responsável em apresentar Mitchel para nomes de expressão do rap também no início de suas carreiras, como Tiago Sabino [Projota] e Michel Dias [Rashid]. Essa fase foi de grande aprendizado para o rapper que participou da evolução da carreira dos mesmos, participando de gravações, batalhas de freestyle, shows e viagens para outros estados do Brasil, fatos estes que contribuíram muito para seu crescimento na música.

Criou seu primeiro grupo de rap juntamente com um amigo próximo da época: Gustavo Aguiar [Gusta] nomeado como S.I.G.L.A.S, no qual teve uma trajetória de anos e aprendeu a criar seus próprios instrumentais e a editar seus vídeos, porém o grupo encerrou as atividades em definitivo no final de 2015.

Em seguida foi convidado por Fernando Spadottino [Efi, ex-integrante do grupo Pollo] para um novo projeto, nomeado como U-Clã, que também contribuiu de outras formas para a experiência do artista até Setembro de 2017.

A partir disso, convicto em dar seguimento em seus planos e projetos, teve a honra de conhecer outros grandes nomes do cenário da música, como Rick Bonadio [Midas Music] e Alex Batista [FX Render], dois elementos chaves para 2018 ser o ano perfeito para o artista iniciar sua nova e tão aguardada fase: sua carreira solo.